Recursos para iniciar o ano letivo

2018-09-11 14:24:33

O ano 2018/19 inicia-se com uma "panóplia legislativa" cuja filosofia teremos de nos apropriar numa perspetiva profissional: DL 54/ 2018, 55/2018, Perfil do Aluno e Aprendizagens Essenciais concorrem para redefinir todo o nosso trabalho

Numa abordagem simplista podemos dizer que:

  • Pretende-se que a escola faça da diferenciação pedagógica e sucesso de todos os alunos um lugar comum - intervenção multinível e medidas universais do DL 54/2018 reforçam a responsabilidade do Conselho de Turma da definição de estratégias até ao limite. 
  • O currículo - Aprendizagens Essenciais - emagreceu com o objetivo de permitir um aprofundamento de conhecimentos e a valorização de aprendizagens transversais do Perfil do Aluno, sendo que a avaliação interna e externa (provas e exames) entrarão nesta dinâmica. Sendo que as escolas e professores vão ter mais responsabilidade no "enriquecimento" do "currículo essencial".

Paralelamente a esta mudança decorrente da escolaridade obrigatória até aos 18 anos e necessidade de diminuir retenções, há o nosso papel de professor na motivação dos alunos. Motivação de alunos e professores são faces da mesma moeda e andam a par!

Segue uma infografia a relembrar aspetos da 1.ª aula e alguns recursos de diagnóstico disruptivo.

  1. DOC1.1 Apresentação com atividades para a primeira aula - definição de valores da turma; orientações para a determinação de Inteligências múltiplas e atividade de reflexão sobre currículo.
  2. DOC 1.2 Ficha de diagnóstico de inteligências (das 8 inteligências de Gardner) e estratégias de diferenciação do estudo em cada estilo
  3. DOC 2 Ficha de diagnóstico de estilo de comunicação (assertivo, manipulador, agressivo e passivo).


Os resultados destas ferramentas de diagnóstico têm sentido ser analisadas pelo Conselho de Turma para ajudar no trabalho de diferenciação. 

Partilha

Partilha nas redes sociais...